Conhecendo Mendoza na Argentina

Queridos Viajantes,
Dear Travellers,

Welcome!!! To translate this page, click the button on the right side. 




Continuando os post sobre a viagem de final de ano pelo Chile e Argentina........


* Para os novos leitores, informo que fiz uma viagem de 15 dias pelas cidades de Santiago, Mendoza, Valparaíso e Viña del Mar. No final deste post colocarei os links dos post já publicados.

Domingo, sétimo dia de viagem, deixamos reservado para conhecer a cidade das Vinícolas.
   

No coração da Cordilheira dos Andes, Mendoza é considerada uma das principais províncias vitícolas da Argentina e produz 70% dos vinhos nacionais, com destaque para o Malbec.


O turismo gira em torno de passeios e degustações nas vinícolas, mas há também outros atrativos na cidade.


Fundada no século XVI como ponto de passagem aos que atravessavam a Cordilheira, foi reconstruída após o terremoto que a devastou em 1861. A parte velha da cidade guarda as ruínas da era colonial.



Uma cidade totalmente arborizada deixa o clima desértico mais ameno. Belas praças, museus, parques e gastronomia diversificada são as características da cidade.

O que me deixou encantada foram os túneis verdes formados pelas copas das árvores que margeiam praticamente todas as avenidas e ruas da cidade. Muita sombra. 

Outro detalhe são as enormes canaletas para aproveitamento da água do degelo das Cordilheiras. Por isso preste muita atenção ao atravessar a rua para não cair no buraco.

A vida noturna é agitada. Muitos bares e restaurantes para todos os gostos.

Mendoza possui 3 Centros de Informações: Siga o famoso i e pegue seu mapa da cidade com direito a explicações e dicas.




Já fez seu seguro viagens?? Faça uma cotação através dos banners inseridos ao lado direito.


Roteiro de 1 dia pela cidade:

Era domingo, então o comércio estava fechado. Fomos ao Centro de informações pegamos um mapa e as principais dicas da cidade.

- Primeira parada: Calçadão Sarmiento, onde se localiza cafés, bares, restaurantes e lojas. Uma ótima opção para café da manhã ou um drink a tarde.




- Segunda parada: Centro Histórico 

1) Praça Pedro Del Castillo (área da fundação de Mendoza). É o local onde a cidade de Mendoza foi fundada em 2 de março de 1561. A praça foi o centro onde se desenvolveu a vida politica e social da sociedade mendocina. Destruída pelo terremoto de 1861 a praça virou campo de futebol e foi foi ignorado seu valor histórico. Somente em 1989 que o município inicio os trabalhos de investigação arqueogeológica e foi revitalizado o centro histórico de Mendoza. 





No centro da praça encontra-se a cripta da fonte original que recepcionava a água portavel no passado. É possível a visitação guiada.




2) Museu da área fundacional: com escavações arqueológicas, elementos do passado e fatos históricos de Mendoza.
As escavações começaram em 1989 e desde então foram encontrados muitos objetos da época da fundação da cidade.



Horário de funcionamento: de terça a sábado das 08h às 20h. Domingos das 12h às 18h30min. Feriados das 11h às 19h.

3) Ruínas de São Francisco: restos do Ex Convento e Iglesia Jesuítica.
O templo foi construído como residencia da Companhia de Jesus, na Mendoza colonial e entregue em 1798 à Ordem Franciscana. Em um das capelas da igreja encontrava-se o bastão de mando do General San Martin, doado pelo próprio em 1818.




4) Aquário Municipal: Foi inaugurado em 25 de maio de 1945, e foi o primeiro da Argentina. Um aquário pequeno, mas a criançada adora. Se não viajar com crianças não recomendo a visita.



-Terceira parada: Parque General San Martin. Com mais de 400 hectares e muitos atrativos turísticos, como por exemplo zoológico, teatro, estádio. Uma área maior que o Central Park.




Visitamos o Zoo, que é imenso. Mais de 3 km de caminhada e muita diversão. Tem até Urso Polar, mas ele fica de férias no verão. O clima de Mendoza é muito quente.
Se gosta de Zoológico ou está viajando com crianças, vale a pena a visita.






Após a visita, uma dica é subir (de carro) ao Cerro de la Gloria para ver deslumbrantes vistas das montanhas e de Mendoza, além de uma impressionante estátua do General San Martín.




Dica: passeie de carro pelo Parque, pois é imenso.

Após todas essas andanças, enfim paramos para almoçar. O bom é que os restaurantes na Argentina funcionam até tarde.

O escolhido foi o El Club da La Milanesa. Já fiz uma resenha sobre esse restaurante neste post de gastronomia em Córdoba.
É uma rede de restaurante bem conhecida e frequentada pelos Argentinos. A comida é uma delícia e muito bem servida.






Localização: Av. Aristides Villanueva, 405
Site: click aqui.

Após o almoço não deixe de experimentar um autentico sorvete de doce de leite na Sorveteria Perin. Foi a Lily do Blog Apaixonados por Viagens que me deu essa dica. Realmente o sorvete é maravilhoso.

Sorveteria Famiglia Perin é tradicional na cidade e está localizada na Av. Sarmiento, 799.




Outra sugestão para passear na cidade é visitar a Plaza Independencia  que marca o centro de Mendoza. Primeiramente construída em 1886, e reformada em 1941. Geralmente aos domingos tem feira de artesanato.

O famosos Hotel Hyatt que passamos a ceia de Natal está localizado bem a frente da praça.



Informações Úteis:

Moeda: Peso Argentino
Fuso Horário: 1h a menos que o horário de Brasília (atente-se ao horário de verão).
Siesta: Os Mendocinos respeitam a tradição e tudo fecha das 13h30min até as 16h30min aproximadamente, todos os dias. Os restaurantes, porém não fecham.

Percebi muita semelhança com os horários de Córdoba, pois a café da manhã vai até tarde, o almoço até 16h; também há o costume do chá da tarde e o jantar começa após as 20h30min.


Mais informações sobre Mendoza nos links abaixo:




Ajude o blog a se manter. Não se esqueça de fazer sua reserva em MENDOZA pela caixa de pesquisa do blog, clicando no link abaixo ou em qualquer banner do Booking inserido no blog. Você não paga nada a mais por isso.




* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.





Se curtiu, compartilhe com os amigos! 

Bisous, 

Tha Moura


Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

2 comentários:

  1. Olhaaaaaaa!!! Que delícia! Adorei relembrar um pouco dessa cidade tão gostosa!!! Tenho ótimas lembranças dessa viagem e fico feliz por você ter tomado o sorvete Perin! Delícia!
    Beijinhos,
    Lily

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Lily.....
      Essa viagem é demais mesmo..... E a sua dica do sorvete Perin foi TOP!!!
      obrigada pela visita e pleo comentário,
      Beijos
      Thais

      Excluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top