LIFESTYLE - : Dicas de como fazer mala de viagem

Queridos Viajantes,
Dear Travellers,

Welcome!!! To translate this page, click the button on the right side. 




Muitos blogueiros fazem post com dicas de como fazer mala de viagem e ensinam como viajar leve.

Vou fazer exatamente o contrário. Por que padronizar e achar que todo mundo quer a solução de como viajar leve? 

Cada ser humano é único e com certeza muita gente procura um post com dicas de fazer uma mala normal. No meu caso mala normal é tamanho G com direito a mala de mão +  bolsa.


arrumar mala para viagem

Odeio viajar leve. Gosto é de muita roupa, ter opção de escolha, levar mais de uma casaco para um destino frio, mais de um biquíni e saída de praia. A única coisa que não  levo muito é sapato.

Mas não desmerecendo meus amigos travel bloggers, tenho que tirar o chapéu para quem consegue essa proeza. 

A Gaby do blog Projeto 101 países é um exemplo e está viajando pela Europa esse final de ano com uma mala que é igual a minha de mão. (MEDAAAAA só de pensar.....rsrsrrs).

A Jackie do blog Viaje Sim também fez viagens longas pela Europa e Ásia com uma mochila e explica tudinho no blog dela.

Portanto, admiro quem consiga, mas não é meu estilo de viagem.


look aeroporto para viajar mala G e mala de mão
Esse é um dos conjuntos de mala que tenho: Big e de mão. 

Facilidades de viajar leve, será?

Há quem diga que viajar leve te garante algumas facilidades com transporte saindo do aeroporto; manuseio no hotel, principalmente em viagens com diversos destinos. 

Realmente, tenho que admitir que facilita o manuseio e espaço no quarto de hotel, mas em relação a facilidade de transporte discordo completamente pois NUNCA tive problemas em carregar minhas "malinhas".

E NÃO ...... meu namorado não fica carregando-as nas viagens. Ele ajuda, claro. Até porque a mala dele também é G. (Momento certeza que ele vai deixar um comentário falando que carrega tuuuudo e que a mala dele não é G).


mala de viagem
Minha mala amarela G e a mala dele G

Explico porquê acho que não facilita o transporte: as malas vão no carro até o aeroporto. Do carro ao check-in, no carrinho. Depois é com a cia aérea e os carregadores. Chegando no destino elas vão da esteira para o carrinho novamente e deste até o táxi ou transfer.

Que esforço eu fiz??? Onde está a dificuldade com transporte???

Ahhhhhh mas vocês devem estar se perguntando: E se eu quiser pegar um metrô saindo do aeroporto para ir até o hotel? Como farei com malas grandes? 

Nesse caso, se sua mala for grande ou pequena, ou mesmo uma mochila, você terá que carregá-la. Então se acha que viajar leve vai te ajudar com meio de transporte coletivo, enganou-se. Mala pequena e mochila também pesam viu! 


mala de viagem


No meu caso, não gosto de pegar metrô ou trem saindo do aeroporto. Só o stress e o desconforto desses meios de transportes após uma longa viagem não compensam. Conforto em primeiro lugar e nem é tão mais caro.

Conclusão: 
1. Do aeroporto para o táxi ou transfer = esforço zero, independente do tamanho da mala
2. Do aeroporto para metro ou trem = esforço moderado para mala leve ou mochila e esforço grande para mala G.

Tudo é uma questão de opção, pois nesse caso haverá esforço mesmo viajando leve. Então, o que vocês preferem?

- Lei do minimo esforço e mais roupas.


fazendo as malas


Mas quando falo muuuita roupa, não digo o guarda roupa inteiro. A mala é planejada, não coloco simplesmente tudo que quero. Planejo, vejo os itens essenciais, repito roupa sim, faço combinações, escolho cada item e arrumo de uma maneira fácil de vestir, por ordem de dia, inclusive.

Como começar:

Antes de tudo pesquise como é o clima no lugar que vai visitar. Não apenas a estação do ano, mas a temperatura. O verão em determinado lugar pode ser nosso inverno (já que quase não temos mais inverno) e o inverno pode ter clima de meia estação. Então use o Google e acesse vários blogs!!!!



1. Conte quantos dias tem sua viagem. 

Esse será o número de Looks que vai usar? Negativo. Lembre-se de incluir roupa para sair a noite ou jantar.
Então são 2 looks por dia? Negativo. Nem todos os dias você vai sair  a noite. 

Looks = são todas as peças que compõe sua roupa (calça/saia/shorts + blusa + casaco + cachecol + gorro + sapato OU biquíni + saída de praia + chinelo OU shorts/saia + blusinha + sandália + bijuteria)

2. Use peças chaves que podem ser utilizadas em diversos looks. 

Um shorts/saia podem ser usados mais de uma vez, mudando a composição (blusa, bijuteria, calçado, meia calça, cachecol, casaco).

Sim. Eu uso shorts/saia no inverno. Como? Com segunda pele por baixo da meia calça.
Calça jeans não esquenta e colocar a segunda pele por baixo te deixará sem movimento.

Peças chaves = são aquelas que não chamam muito a atenção, por exemplo uma calça jeans ou preta, um casaco preto, shorts/saia jeans. Mas você pode utilizar também peças chaves coloridas, basta combinar com blusas neutras.

3. Abuse dos acessórios para mudar o visual, mas não exagere.

Cachecol, gorro, meia calça, luvas, bijuterias: leve sempre um neutro e uns 2 coloridos ou estampados.

4. Blusas: 1 (uma) por dia por favor. 

Nada de repetir, principalmente no verão, a não ser que lave. Lavou = repetiu, se quiser. Eu não lavo e não repito. Essa é minha opinião e como faço nas viagens.

5. Vestidos

Para o verão é básico levá-los e para o inverno escolha 1 que pode ser usado de noite e de dia.
Lembre-se que muitos lugares frios são super aquecidos no interior das construções. Você pode jantar com um vestido de alça mesmo com uma temperatura externa abaixo de zero.

6. Suéter

No inverno, 1 neutro e 1 colorido ou estampado.
No verão apenas uma jaqueta jeans.

7. Casacos

1 neutro (preto ou branco) e uns 2 diferentes (coloridos, uma para dia outro para noite). Lembre-se sempre de combiná-los com as outras peças. E leve casacoas adequados ao clima do lugar, se for neve, tem que ser casaco impermeável; se for apenas frio, pode casaco de lã. 

8. Sapatos

No inverno: 1 bota bem quentinha que serve para dia e noite; 1 bota montaria, 1 sapatinha e 1 sapato para noite (salto).
No verão:  1 chinelo bonitinho, 1 sapatilha, 1 sandália com salto baixo e 1 sandália de salto alto.
Em resort geralmente leve uns 3 chinelos diferentes para combinar co os biquínis.

9. Biquínis e maiôs

Se for resort eu levo uns 4 ou 5 (entre maiô e biquíni) além de 5 saídas ou roupas de piscina. Se for apenas um destino quente, que a praia não é o principal, 2 biquinis está bom. 
   
DICA 1: Normalmente eu escolhos as tonalidades que vou usar na viagem e assim monto meus looks.

Por exemplo se vou usar marrom, bege, marfim, branco. Escolho os casados, geralmente 3; as peças chaves neutras e 1 diferente; blusas neutras e coloridas e abuso dos assessórios como cachecol, gorro, luvas e meias.
No verão fica mais fácil: escolho os shorts e saias e abuso das blusinhas e bijus, além de vestidos e macacão.

DICA 2: Anoto tudo em um bloquinho com todos os looks por dia e arrumo a mala na ordem que é para serem usados.

DICA 3: uso sacos organizadores. São ótimos.


monopoly travel - kit viagem

DICA 4: faça um check list para não esquecer nada. Abaixo disponibilizo o check list do blog para as leitoras se organizarem. 



MALA DE MÃO




Ela é muito importante e deve conter itens essenciais, pois se acaso sua mala for extraviada, você terá o mínimo para sobreviver no primeiro dia. Já aconteceu comigo, mas estava prevenida.

Leve sempre 1 look (roupas íntimas, blusa e calça/shorts; se for inverno coloque um casaco também). 

Eu levo uma necessaire com minhas maquiagens; uma necessaire com produtos de higiene todos em potes até 100ml; uma necessaire com remédios.

Itens de valor como Ipad, laptop, máquina fotográfica, entre outros devem ser sempre carregados na mala de mão. 

BOLSA

Levo um bolsa média para carregar documentos, celular e carregador, além de uma necessaire pequena com itens de higiene e maquiagem básica (tudo mini). 

Sempre que viajo compre itens em miniatura que são ótimos para viagem, pois não pesam e não ocupam espaço.



Essa é minha forma de viajar. Descubra a sua e caia no mundo. 

Abaixo algumas fotos para mostrar a composição dos looks e inspirar as leitoras:


Inverno em Frankfurt

Inverno em São Petersburgo

Inverno em Frankfurt

Verão em Viña del Mar

Inverno em Buenos Aires

Inverno no Vale Nevado

Verão em Mendoza

Inverno em Ushuaia


Ajude o blog a se manter. Não se esqueça de fazer sua reserva pela caixa de pesquisa ao lado direito no blog, clicando no link abaixo ou em qualquer banner do Booking inserido no blog. Você não paga nada a mais por isso.


Booking.com




* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.





Se curtiu, compartilhe com os amigos! 

Bisous, 


Tha Moura



Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

4 comentários:

  1. Essa questão de tamanho de mala é algo muito pessoal mesmo. Não consigo viajar com uma mala maior que a M (na verdade, a M já é MUITO grande pra mim) e a minha preferida é a de mão mesmo rss
    Mas sabemos que grande parte das pessoas prefere malas maiores e, mesmo assim, organização é fundamental! Acho lindas suas fotos com diversos looks, mas, para isso, só levando uma malinha maior.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby, admiro você nas suas viagens com mala pequena, mas até minha necessarie é grande....rsrsrrss.
      Então me organizo e viajo com minha malas gigantes.
      Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Bjosssss

      Excluir
  2. Acho que já vivi todos os momentos de mala: grande, media, pequena, muito grande, 2 grandes..rs
    Tenho mais facilidade para preparar minha mala para viagens a trabalho; acho que já mentalizo as roupas "sociais" que vou usar cada dia; escolho 1 ou 2 sapatos neutros e tá pronto! :) Pra viagem de ferias já consegui me virar com uma mala bem pequena por 15 dias na Asia. Nao precisei de nada extra porque usei biquini e shorts em 98% da viagem. Mas para um inverno pesado como o da Europa é muito mais dificil conseguir uma mala pequena. Acho que o importante é se sentir confortavel, acima de tudo. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Natália, tudo bem?
      Mala pequena é uma dificuldade para mim..... gosto das grandes mesmo. Para a Asia talvez até consiga... diga talves pois para Punta Cana, que a gente mal sai do resort minha mala foi big tbm...rsrsrsrs....... ahhh mas lá tinha balada e restaurantes toda noite.....
      Mas para inverno é complicado fazer mala pequena. Mas como você disse.... confortável acima de tudo e assim que me sinto com minhas malas BIGS.
      Beijos querida e obrigada pela visita.

      Excluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top