Dicas de Las Vegas

Queridos Viajantes,
Dear Travellers,

Welcome!!! To translate this page, click the button on the right side. 





Mais conhecida como um parque de diversão para adultos.

Uma cidade onde a Utopia existe. No meio do deserto de Nevada, um oásis glamouroso. É tanta riqueza que é até impossível de acreditar no que nossos olhos enxergam.



Dessa fez viajamos com um casal de amigos e a convite deles.

A ideia da viagem era conhecer Los Angeles e Las Vegas e fazer o percurso de carro entre as cidades, passando pelo o Deserto de Mojave.


A viagem aconteceu em Agosto de 2013, a estação mais quente para conhecer Vegas.

A trip começou na estrada de paisagens completamente diferentes da que estamos acostumados a ver no Brasil. Nada de verde, grama, árvores e flores, apenas areia, rocha e areia. Um deserto total, mas com sua beleza peculiar.



De repente, luzes, montanha russa, verde, palmeiras, fontes, arranha céus, pontes, Torre Eiffel, gôndolas e pirâmides. Nossa..... um mundo inteiro num lugar só. Isso é possível em Vegas. Tudo é possível em Vegas!!!!





Como chegar:

De Carro:

Partindo de Los Angeles, siga pela rota I 15-N em direção a Pasadena, são 430 km no meio do deserto. As paisagens remetem o turista a um filme de faroeste. Alguns lugares cruza-se pela famosa Rota 66.

Uma dica: faça um stop no Outlet da cidade de Barstow. É o melhor Outlet para fazer compras. Melhor que os de Las Vegas. E não esqueça que imprimir os cupons de descontos.
Para maiores informações acesse: Tanger outlet

De Avião: Não há voos diretos do Brasil, necessariamente haverá uma conexão. É uma viagem um pouco cansativa e demorada.

O aeroporto internacional Mc Carran está localizado a poucos kilometros da Strip. Geralmente hotéis oferecem transfer gratuitos. Se preferir pegar um táxi, a corrida não será muito demorada, todavia poderá haver trânsito.

O mais interessante  é que no aeroporto já existem máquinas de caça níquéis por todo lugar.


Quando ir:

Preferencialmente no outono. Inverno bem frio e seco. Verão muito quente e seco.

Mas tudo vai depender do que está buscando.

Se quer descansar de dia, aproveitar o hotel, piscina e pool partys, viaje no verão.


Se quer aproveitar  o que a cidade tem a oferecer, cassinos, festas, diversão, compras, prefira estações mais frias.

Viajei para Las Vegas em duas estações: No inverno é bem frio e sua pele vai sentir os males do vento seco e gelado. No verão é muuuuito quente e abafado. A sensação é de abrir o forno quando está assando bolo e literalmente entrar. É quente demais. Uma média de 43 graus celsius. O bom é que por ser um clima seco, você não transpira, mas em compensação a desidratação é total, tome cuidado.

Sob o sol escaldante, a piscina será seu lugar preferido e seus companheiros o protetor solar e a água.

Piscina do MGM


Meu conselho: visite a cidade na meia estação, você aproveitará melhor as andanças pela cidade, não cansará demais com o calor, as noites serão mais agradáveis.

Mas isso é uma questão muito particular.


Quanto tempo ficar:

Uma semana é suficiente para conhecer Las Vegas. Se viajar no inverno, no qual aproveitará o dia todo conhecendo as atrações da cidade, reduza a estadia para cinco dias. 


Onde ficar:

Hospedar-se na principal avenida de Vegas, a Strip, é a melhor opção. Se for no centro da avenida, ou seja, perto do Bellagio, melhor ainda.

Bellagio
Deixa eu explicar porque: Tudo em Vegas é grandioso e você usará bastante as pernas para se locomover, então a logística do meio acaba sendo vantajosa. E também, os hotéis/cassinos mais famosos e visitados estão concentrados no meio da Strip.

Abaixo um mapa para melhor compreensão.





A Strip (Las Vegas Boulevard) tem uma extensão de aproximadamente 7km. No coração da avenida localiza-se o Bellagio, o Caesars Palace, o Paris, o Venetian, um dos cassinos/hotéis mais bonitos na minha opinião.

Bellagio

Caesars Palace



Venetian


Em direção ao sul, estão localizados o MGM, o New York, o Four Seasons, Mandaly Bay entre outros.




Mandalay Bay

Em direção ao norte, estão localizados o Encore, o Wynn, o Stratosphere, Circus Circus entre outros.


Wynn, Encore


 Stratosphere

Mas hospedagem é algo bem pessoal. Já fiquei hospedada no centro da Strip e na extremidade. Tudo vai depender do que está buscando. Há hotéis luxuosos e outros mais simples. Todavia todos são muitos bons. A relação custo benefício dos hotéis é excelente.

Se procura localização e bom preço, uma ótima opção são: Ballys, Flamingo, Imperial, Harrah´s, que são hotéis mais antigos e bem mais simples que os demais, todavia muito bem localizados.

Se procura preço, há hotéis afastados com ótimas tarifas: Circus Circus, Excalibur.

Mas nem sempre hotéis afastados são sinônimos de bons preços, como por exemplo os luxuosos Wynn, Encore, Hilton, Mandaly Bay.

Na verdade, escolher bem o seu hotel, independente da localização, com certeza será um ótimo negócio. Pesquise, fique atento a época do ano e escolha o que melhor lhe agrade. Essa será a melhor escolha.

Hospedagem em Vegas é muito barata, então vale a pena ficar nos melhores hotéis.

Nosso Hotel: Ficamos hospedados no MGM GRAND, na extremidade sul da Strip. Um pouco mais afastado do centro, mas estávamos buscando conforto e mordomia. Viajamos no auge do verão, então um hotel com excelentes piscinas era primordial.



Considerado um dos maiores hotéis do mundo com um pouco mais de 7.300 quartos o MGM impressiona. É praticamente um labirinto e seu complexo de entretenimento é bem diversificado. Vários restaurantes, piscinas, um teatro e casa noturna além do enorme cassino.

As famosas lutas de MMA acontecem dentro do complexo no MGM Grand Garden Arena.



O mais gostoso é o clima jovial do hotel. (Farei um post específico sobre o MGM).

Há quem prefira ficar hospedado em casas alugadas ou hotéis afastados. Não aconselho, pois dependerá de meio de transporte para conhecer tudo.


Locomoção:

Ônibus DEUCE: Circula 24h e para em todos os pontos (hotéis) na Strip, com uma regularidade de 15min. Compra-se o ticket que dura 24horas corridas e pode andar a vontade.
Na rua há várias maquininhas para compra de ticket.
Para maiores informações acesse: aqui.

Monorail: Trem que percorre 4km da strip e para em algumas estações nos hotéis: MGM, Ballys, Flamingo, Imperial, Hilton, Sahara.
Funciona de segunda a quinta das 07h00 as 02h00 e de sexta a domingo das 07h00 as 03h00.
Bilhete único, diário, ou de três dias.
O trem percorre os fundos dos hotéis, é muito seguro e rápido. 
Para maiores informações acesse: aqui.



Carro alugado: alugar um carro lhe dará maior liberdade e os estacionamentos dos hotéis/cassinos são gratuitos.  O único inconveniente será o trânsito e estacionamento lotado. Todavia para fazer compras nos outlets, que ficam afastados, é a melhor escolha. Afinal, ninguém gosta de andar de ônibus com diversas sacolas.

Um lembrete, a carteira de motorista de brasileiros é válida para dirigir nos Estados Unidos.




Atualização: A partir de 2016 os hotéis da rede MGM Resorts, deixarão de oferecer estacionamento gratuito, são eles: MGM Grand, Mandalay Bay, New York/New York, Aria, Bellagio, Vdara, Delano, Excalibur, Luxor, Mirage, Monte Carlo e Circus Circus.

Táxi: Uma corrida de táxi é um pouco cara em Vegas, ainda mais considerando a gorjeta. Dificilmente conseguirá um táxi na rua, pois os taxistas normalmente param nos hotéis para conseguir turistas.

A pé: Muitos turista preferem andar pela Strip e a locomoção é bem fácil. Apesar da larga avenida, há diversas passarelas, elevadores e escadas rolantes interligando os dois lados da Strip. A cidade é muito acessível.

Fique atento a hidratação se viajar no verão.
Andar pela Strip é um dos passeios imperdíveis, não deixe de fazer, mesmo que alugue um carro.

Experiências vividas:

Estive em Las Vegas duas vezes e utilizei meios de locomoção diferentes.

Na primeira viagem, no inverno, não aluguei carro. Utilizei muito o ônibus DEUCE e caminhei bastante.
Na segunda viagem, no verão, estava com carro, mas também utilizei Monorail. Caminhadas ao ar livre somente durante a noite.

Na verdade, tudo vai depender de qual estação do ano escolheu.
No inverno é bem mais confortável fazer caminhadas. (Os hotéis são imensos e a distância entre eles é grande). No verão longas caminhadas ao ar livre não é aconselhável, principalmente durante o dia.


Meu conselho: Alugue um carro e o utilize para passear pelos lugares mais distante da Strip, para fazer compras e explorar a cidade. O estacionamento no hotel é gratuito, então compensa.
Quando quiser conhecer outros hotéis/cassinos, opte pelo Deuce ou Monorail, assim você não se cansará muito e aproveitará para conhecer o interior dos hotéis que são imensos. Porém, reserve um dia para andar pela Strip, não precisa ser nela toda, mas circule tanto de dia, quanto de noite. É deslumbrante!!!!


O que visitar:

Em Vegas todos os cassinos/hotéis são visitáveis.

Todos os hotéis tem: cassinos, shoppings, restaurantes, salões de beleza, teatros, casas de show, casas noturnas e entretenimentos variados dependendo de cada tema.

Portanto, visite cada um deles, você se surpreenderá.

Os mais famosos são: Bellagio, Paris, Caesars Palace, Venetian, MGM, Planet Hollywood, Stratosphere, New York.



Atrações recomendadas:

- Fontes do Bellagio: A famosa fonte das águas dançantes que aparece no filme "11 Homens e um segredo".  Um espetáculo gratuito e imperdível.



- Forum Shops do Caesars Palace, um shopping de 3 andares magnífico. As compras são inevitáveis


.
- Torre Eiffel no Paris, um réplica na proporção de 1/3 da original. É possível subir e o melhor horário é ao entardecer. Ver Vegas ser iluminada é lindo.



- Passeio de gôndola pelos canais do Venetian é encantador.



- Brinquedos do Stratosphere, será que terá coragem? Tem que decidir antes de subir na torre de 300m


Ingresso somente da subida

Um dos brinquedinhos


- Montanha russa do New York.



- Navio do Treasure Island



- Freemont Street, a antiga Las Vegas, onde tudo começou. Cenário do filme " Querida, estiquei o bebê".





- Las vegas Premium Outlet South (fechado) and North (aberto), visite os dois, os preços são ótimos.

- Letreiro Welcome to Fabulous Las Vegas, tirar uma foto no letreiro pode parecer clichê, mas é Vegas Baby.



- Cirque du Soleil, há diversos espetáculos em Vegas, difícil é dizer qual o melhor, mas são atrações imperdíveis.

Espetáculo O

- Grand Canyon, há passeios de helicopteros, de ônibus.

- Minus 5 Ice Bar: um bar totalmente de gelo



- Jardim com flamingos no Flamingo's Hotel.



- Mount Charleston, uma estação de ski localizada a 1 hora de Las Vegas.


E muito mais........


Dicas diversas:

Comprinhas: lojas como Macy's, Marshalls, TJ Maxx e Ross tem roupas de marcas famosas, basta ter tempo e garimpar. A Macy's é arrumada por setor, mas as outras são um pouco bagunçadas, as marcas ficam misturadas, mas vale a pena, pois encontra-se roupas mais baratas que em outlets.

Utilize cupons de descontos que encontrará em revistas e panfletos. Cupons são válidos nos Estados Unidos e aquela sua comprinha pode sair bem mais barata do que imaginava.

Faça compras em lojas afastadas da Strip, as famosas lojas de roupa Mancy's, Ross, TJ Maxx, Marshalls entre outras e as famosas farmácias Walgreens e CVS são bem mais baratas. Com GPS você não se perde e ainda conhece a cidade além da Strip. 

Farmácias vendem cosméticos franceses e diferentes marcas de maquiagens. Um verdadeiro paraíso de beleza. Todavia as marcas de maquiagens mais famosas somente na Sephora.
Dica preciosa Walgreens: Para poder comprar as promoções anunciadas nas farmácias, tipo leve 2 pague 1, você precisará do cartão da loja. Vá a uma loja de bairro e com toda simpatia peça para fazer o seu. Um zipcode de residencia será solicitado, explique que você viaja sempre aos USA e se poderia fazer o cartão mesmo assim. Se der sorte a atendente fará um para você.
No meu caso a atendente me ofereceu o cartão e colocou o zip de seu residencia. Pronto.... mais produtinhos para encher a mala.



Walmart, esse é o paraíso das compras diversas: maquiagens, cosméticos, chocolates por um precinho irrisório.

A voltagem de Las Vegas é 110 e o modelo da tomada é de dois pinos achatados paralelos.

Em praticamente todos os hotéis é cobrada uma "taxa resort"sobre a diária. Na verdade é uma taxa para usar as dependências do hotel. Fique atento.

Geralmente não está incluído café da manhã nas diárias dos hotéis, dessa forma aproveite para conhecer os restaurantes dos outros hotéis.

TIX4 Tonight vendem tickets de última hora para shows com descontos e menu de restaurantes badalados. Há alguns guichês na strip, um deles é perto do MGM.
Para mais informações acesse: aqui.

Enquanto estiver jogando nos cassinos, pode ser até nas maquininhas, as bebidas são gratuitas e servidas por garçonetes. Mas não esqueça da gorjeta.

O jantar começa cedo em Vegas: os restaurantes badalados necessitam de reservas e a maioria dos restaurantes atendem o turista que chegar até as 21h. 

Enfim, Las Vegas tem tanta coisa para fazer. Um lugar que todo viajante deveria conhecer. Já fui duas vezes e quero voltar.





* todas as fotos sem marca d´agua foram retiradas do facebook do Cassino correspondente.


Ajude o blog a se manter. Não se esqueça de fazer sua reserva em   LAS VEGAS  pela caixa de pesquisa do blog ou clicando no link abaixo. Você não paga nada a mais por isso.





* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.





Se curtiu, compartilhe com os amigos! 



Bisous, 




Tha Moura


Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

2 comentários:

  1. Muito interessante, vou tomar nota das recomendações.
    Uma saudação de Espanha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ivan,
      Que bom que gostou das dicas. Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Thais

      Excluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top