Holanda - Descobrindo a casa de Anne Frank


Enquanto esteve escondida Anne Frank escreveu um diário que se tornou um dos livros mais conhecidos do mundo. Saiba sua história em uma emocionante visita ao seu esconderijo.


Um dos lugares que mais me impressionou em Amsterdam foi a Casa de Anne Frank, uma menina judia que, durante a II Guerra Mundial, ficou escondida com sua família para escapar dos nazistas. Infelizmente, após quase 2 anos vivendo escondida, sem ver a luz do sol, a anexo secreto foi descoberto e todos foram enviados ao campo de concentração. Otto Frank, pai de Anne, foi o único sobrevivente e encontrou o diário de sua filha.

A Casa de Anne Frank

A história é bem triste e a visita vai te deixar reflexivo e calado, mas vale muito a pena. Fiquei com vontade de ler o livro após a minha visita.



Faça uma cotação de viagens na Agência parceira Previllege Soluções em Viagens.



História

Nascida na Alemanha no ano de 1929, Anne e sua família  deixam o país para morar na Holanda, fugido do governo de Hitler. Após o começo a II Guerra Mundial em 1939, a Holanda foi invadida 1 ano depois e o cerco fecha contra os judeus. Otto, não conseguindo emigrar para o Estados Unidos, resolve fazer um esconderijo anexo a sua empresa.

Em 1942 a irmã de Anne, Margot, é convocada para se apresentar para o campo de trabalho forçado, foi então que Otto decidiu esconder sua família. Além da Família Frank, a família Van Pels e o dentista Fritz Pfeffer também se escondem. Ao todo são 8 pessoas a morar no anexo.

 "O melhor é poder escrever todos os meus pensamentos e sentimentos, se assim não fosse eu sufocaria." Anne Frank

Durante os 2 anos, as pessoas precisavam fazer silêncio absoluto, conversar baixo, não abrir janelas e sequer puxar descarga, para não levantar suspeitas. Alguns funcionários do escritório ajudaram os escondidos, mas muitos nem sabiam. Os protetores, funcionários de Otto, traziam comidas, roupas, livros e os mantinha atualizados.


Quer ficar Conectado durante a sua viagem? Os Chips da EasySim4U tem cobertura em 140 países. Adquira já o seu!


O esconderijo situava-se em uma parte desativada da empresa e os negócios continuavam na parte da frente. A entrada era atrás de uma estante de livros,  muito bem camuflada. O anexo era relativamente espaçoso e havia vários cômodos, como quartos, cozinha, banheiro. Havia regras e horário para tudo que era conciliado com o horário da empresa e não levantar suspeitas. 

A Casa de Anne Frank
Foto divulgação

Anne, havia ganho um diário de presente e começou a detalhar sua vida, seus medos e angústias no anexo secreto.
Desejos escritos no diário em 1943: "Margot e o Sr. Van Pels desejam, sobretudo, um banho de imersão quente onde possam desfrutar de pelo menos meia hora de relaxamento. A Sra. Van Pels queria um bolo, Pfeffer não quer outra coisa senão ver a sua Charlotte, e a minha mãe morre por uma chávena de café verdadeiro. O meu pai gostaria de visitar o Sr. Voskuijl, o Peter gostaria de ir passear até ao centro, e eu, eu estaria tão contente que não saberia por onde começar. Para começar gostaria de ter uma casa só para nós onde me pudesse movimentar à vontade e livremente e ter também, pelo menos, alguém que me ajudasse com os trabalhos da escola. Por outras palavras, gostaria de voltar à escola!"
Em agosto de 1944 os escondidos são descobertos e deportados para Auschwitz,  inclusive alguns ajudantes foram presos e enviados para Amersfoort, sendo liberados alguns meses depois. Mas a realidade dos judeus era outra. Todos morreram no campo de concentração, exceto Otto, o pai de Anne. Até hoje não se sabe como o esconderijo foi descoberto.


Faça sua reserva no BOOKING ou Hotéis.com e garanta o melhor preço.


Otto descobre o diário de Anne e inclusive redescobre sua filha. Muito emocionado com a veracidade com que Anne descreve sua trajetória e pelo desejo de torna-se escritora e ver seu diário publicado como um romance, Otto resolve atender o pedido de sua filha. Em 1947 o Diário de Anne Frank é publicado e o mundo todo conhece a história da menina judia.

A Casa de Anne Frank
Foto Divulgação

Em 1960 a Casa de Anne Frank torna-se museu e Otto acompanhou de perto até sua morte em 1980.
"Há de chegar o dia em que esta guerra medonha acabará, há de chegar o dia em que também nós voltaremos a ser gente como os outros e não apenas judeus!"Anne Frank


 Faça seu seguro viagens com desconto nos parceiros do blog: Mondial Travel ou Real Seguros.


O Museu

Um dos três museus mais visitados de Amsterdam recebe cerca de 1  milhão de visitantes anualmente. As fila são gigantes, mas a infra estrutura e organização são impecáveis.

Um museu educativo e curioso para todas as idades, mas curiosamente a maioria dos visitantes desse museu são jovens, com menos de 30 anos. Isso mostra a preocupação em saber sobre um dos acontecimentos mais importantes do século passado.

A visitação começa em uma fila bem estruturada, onde você deverá se apresentar 15 minutos antes do horário marcado para a visita. A cada 15 minutos uma nova turma com direito a áudio guia. No caminho até o esconderijo muitas informações históricas até que a estante de livros se revela e o anexo se descobre.

A sensação é de impotência e tristeza mas que são importantes para entendermos a realidade de um povo que sofreu e as consequências de um "líder" insano.

Achei tudo muito organizado, principalmente porque o visitante não sai pela mesma porta que entrou, o que causaria um certo tumulto. O museu foi reformado para se adequar ao grande número de visitantes, mas preservou grande parte do prédio original, mantendo da forma mais autentica possível o anexo secreto.

Conhece o serviço de locação de veículos da RentCars? Compara os melhores preços em mais de 100 locadoras de veículo e o viajante paga em Reais, sem IOF.

 Alugue um carro pela RentCars, o principal portal de comparação de preços para locação de veículos.


Como chegar

Partindo da estação central, são cerca de 20 minutos de caminhada. Se preferir transporte público, os bondes 13, 14 e 17, os ônibus 170, 172 e 174 para no ponto Westermarkt.
Endereço: Canal Prinsengracht, 263-267.

Horário
Diariamente
De 1 de abril até 31 de outubro das 9h00 as 22h00
De 01 de Novembro a 31 de Março das 9h00 as 19h00 (sábados até as 21h00)
Ticket: a entrada  custa  €9,00. 
Online ticket: + € 0,50
O cartão "I Amsterdam City Card" não dá direito a entrada gratuita.
Para mais informações acesse aqui.
PDF

DICA: compre ingressos online e evite filas. No site oficial você poderá adquirir seu ingresso com um acréscimo de  € 0,50.  Os tickets estão disponíveis com 2 meses de antecedência.
Das 9h às 15h30min, o museu estará aberto somente para visitantes que possuam um bilhete online para um horário determinado.
Acesse aqui.

Atenção: devido ao trabalho de renovação, de meados de outubro de 2017 até meados de janeiro de 2018 todos os visitantes precisam de comprar um bilhete on-line com um horário antecipadamente.


———-> Encontre os melhores hotéis em Amsterdam com a facilidade de cancelamento gratuito.


Leia mais: 
- 10 Motivos para conhecer Amsterdam


Gostou do artigo? Uma forma de retribuir é fazer reservas pelos parceiros do blog. Cada fez que uma reserva é feita nos links abaixo, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a divulgar mais conteúdo gratuitamente.


RESERVE AQUI


Aproveite e organize sua viagem com os parceiros do Blog e se quiser um Roteiro Personalizado, envie um email para: love.and.travel@hotmail.com



Encontre seu Hotel nos melhores sites de busca: BookingHotéis.comTrivago.


Compre suas passagens nas Cias Aéreas:  AlitaliaAviancaAzul, GolLatamKlmTap


Compare tarifas para alugar carro na: RentCars


Evite aborrecimentos, faça um seguro viagem na: Mondial Travel ou RealSeguros.




Fique conectado em suas viagens com os chips da  America Net Mobile e EasySim4U


Compre ingressos online no Ticketbar ou Weplann e esqueça das filas !!!


Adquira moeda estrangeira na Cotação ou solicite um orçamento.





* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.

Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

Um comentário:

  1. Ótimo post! Eu vou pra AMS em fevereiro e já vou garantir meu ingresso pra fazer essa visita. Li em diversos lugares que quem tem ingresso entra de manhã, mas no site só aparece ingresso pra comprar a partir das 12h. Será que mudou alguma coisa ou eu que não estou olhando no lugar certo? Obrigada

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top