Comer, Viajar, Amar em Santiago

Queridos Viajantes,
Dear Travellers,

 Welcome!!! To translate this page, click the button on the right side. 


Quem acompanha meu blog sabe que tudo começou com as surpresas que meu namorado costuma fazer. A primeira foi em Paris (Comer viajar e amar em Paris)  . Agora vou contar a segunda surpresa.
Uma parte dessa história já foi contada no blog Viagem de Fuga (Acesse aqui).

Amante do frio, meu sonho sempre foi ver/sentir a neve. Sabendo disso, meu namorado resolveu presentear-me com uma viagem para Santiago. E mais uma vez, como presente de aniversário, eu recebo em meu email passagens para passar 3 dias na capital do Chile.

Saímos em uma quinta-feira à noite de São Paulo em voo direito para Santiago e voltamos domingo à noite. Viagem rápida, contudo conhecemos as principais atrações da cidade. 

Me apaixonei pela cidade à primeira vista. Santiago é linda, encantadora !!!





Abaixo segue Mini roteiro do que fazer na cidade:

1 dia: Conhecendo a cidade.

Ficamos hospedados na região central de Santiago (Bairro Providencia) e resolvemos explorar a cidade à pe pela manhã. Começando pelo famoso "bairro" Paris-Londres, me encantei. Um charme. Parecia que estávamos passeando por Paris, com suas ruas estreitas e arquitetura européia. Neste "bairro" também é um bom lugar para se hospedar.





Nessa região localiza-se a sede da presidência do Chile, o Palácio de La Moneda. Infelizmente não pude fazer o tour pelo interior do palácio, pois estava acontecendo alguma celebração no dia, mas é possível fazer visita guiada. 



Passeamos mais um pouco pela região e resolvemos conhecer o Cerro San Cristobal, que é um dos pontos mais altos da cidade com uma vista linda da Cordilheira dos Andes e de toda a cidade.





Para chegar pegamos metrô e depois o funicular, que é o principal meio de transporte para subir o Cerro. Há possibilidade de subir de bike ou a pé.



No Cerro encontra-se o Santuário da Imaculada Conceição. Um templo da Igreja Católica ao ar livre. A paz e tranquilidade do local pairam no ar e deixam você mais leve.




Fizemos um lanchinho lá mesmo e descemos para conhecer o  Museu La Chascona, que fica na região. O Museu é em uma das Casas do poeta chileno Pablo Neruda, ganhador do Nobel de Literatura. Fizemos uma visita guiada pela casa que tem uma arquitetura diferenciada, construída em formato de navio.  



Após visitarmos todas essas atrações, seguimos de taxi para o shopping Parque Arauco. Ao chegarmos tivemos o privilégio de ser convidados para uma degustação de Chandon.



A noite jantamos no Patio Bellavista,  que é o refúgio dos boêmios e apreciadores de boa gatronomia. O Patio é uma espécie de shopping de restaurantes. Muito badalado!




2 dia: Estação de Esqui.

No sábado fizemos um passeio por uma agência que incluía passeio pelas estações de esqui da região, aula, aluguel de roupas e equipamentos.
Apesar de não ser longe de Santiago, a subida para as estações demora muito devido a estrada perigosa e neve.

Primeiramente conhecemos o Valle Nevado e seu complexo. Depois fomos fazer aulas de esqui na estação La Parva, um pouco mais abaixo e com valores mais acessíveis.

Uma dica: para quem nunca esquiou, fazer aula é primordial. O frio é intenso e você precisa estar preparado com roupas adequadas. Todavia para esquiar pode-se alugar tudo (roupas e equipamentos).







Passamos o dia todo esquiando e passeando....e nada de nevar.....estávamos indo embora e resolvemos tomar uma cerveja no deck e derrepente começou a nevar. Foi lindo, mágico, surpreendente. Não tenho palavras para descrever o que senti naquele momento.





Foi o melhor presente que alguém poderia me dar: proporcionar  a oportunidade de sentir a neve caindo e ainda estar ao lado da pessoa amada.



A noite fomos jantar no Bar e Restaurante Liguria Manuel Mont, no bairro Providencia. Um ambiente descontraído e irreverente, é um bar tradicional na cidade. Há três unidades no mesmo bairro. Neste local provamos a bebida típica do país,  Pisco Sour. Simplesmente delicioso!!!



3 dia: Santiago.
No domingo não tínhamos tempo de passear, então resolvemos curtir o hotel, que por sinal era muito bom. Ficamos hospedados no NH Hotel. Chegamos em São Paulo a noite.

Resumo:
No geral a cidade tem bons restaurantes com pratos muito bem servidos. Os chilenos são bem receptivos e educados. Santiago é uma cidade encantadora.




Viagens rápidas são corridas, mas com planejamento pode-se desfrutar do melhor que a cidade tem a oferecer, além de fazer um bem a alma. Melhor viajar por três dias do que ficar apenas sonhando com lugares lindos.

Todo lugar e único, do mesmo jeito que todo momento.

Mais informações sobre o Chile nos post relacionados abaixo:

Estações de Esqui do Chile
Cruzando a Cordilheira dos Andes
Minha historia Chile

Ajude o blog a se manter. Não se esqueça de fazer sua reserva em SANTIAGO pela caixa de pesquisa do blog ou clicando no link abaixo. Você não paga nada a mais por isso.





* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.




Se curtiu, compartilhe com os amigos! 



Bisous, 




Tha Moura





Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

4 comentários:

  1. Agora estou sentindo saudades do Chile!! Também fiquei hospedada no Providência :) E a fofura do Paris-Londres?? Sua viagem foi rápida mas intensa, hein? Legal!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Gabi,
      Também bateu uma saudade ao escrever a matéria....rsrsrs....
      O Chile é uma país para várias viagens. Vou voltar lá esse ano, mas no calor.
      Obrigada pela visita. ;)
      Beijos
      Thais

      Excluir
  2. Lindo, lindo, Thais! Obrigada pelas dicas sempre valiosas!!!
    Beijo!
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer,
      Obrigada pela visita. Você é sempre muito carinhosa.
      Beijos
      Thais

      Excluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top