Saiba como conhecer Jungfraujoch - Top of Europe - na Suíça

Queridos Viajantes,
Dear Travellers,

Welcome!!! To translate this page, click the button on the right side. 



Conhecer o topo da Europa era um sonho que virou realidade e Jungfraujoch entrou para a lista dos lugares que conheci e vou compartilhar a experiência com vocês.

Quem pensa em viajar para a Suíça, com certeza Jungfrau vem a cabeça, pois é um dos lugares para ver neve durante o ano todo, o que torna a visita ao Top of Europe uma das experiências inesquecíveis de toda a viagem.

Jungfraujoch
Foto Divulgação
Com o plus de embarcar em  uma das obras mais impressionantes da técnica ferroviária, a Jungfraubahn para então conhecer um dos Patrimônios Mundiais da UNESCO (Alpes Suíços Jugfrau-Aletsch). O caminho que te leva ao topo já vai te conquistar, imagina o TOPO!!!

A Suíça é um dos lugares mais lindos que já visitei e posso dizer que é mágico. Tudo é perfeitamente lindo e ótimo, desde a água que é própria ao consumo nas fontes espalhadas pelas cidades; a educação e gentileza das pessoas; a precisão nos horários e tudo mais.


Do princípio

Mas afinal Jungfrau, Jungfraujoch ou Jungfraubahnen, qual é o certo?
Todos estão certos. Deixa eu explicar:

- Jungfrau é o nome da Montanha  com altitude de 4.158 m.
- JungfrauBAHNEN é o nome da Ferrovia que liga Kleine Scheidegg a JungfrauJOCH
- JungfrauBAHN é o nome do trem.
JungfrauJOCH é onde fica a estação de trem mais alta da Europa com altitude de 3.454m  no encontro entre as montanhas Jungfrau e Mönch.


Jungfraujoch



Jungfraubahn



Quer saber meu roteiro pelos picos nevados da Europa, então acesse o post completo com muitas dicas.


Onde Fica

Literalmente no coração da Suíça, pertinho da cidade de Interlaken no cantão de Berna. Jungfrau pertence ao mesmo maciço montanhoso do qual fazem parte Eiger e o Mönch.

DICA: Monte sua base de hospedagem em Interlaken para fazer esse passeio que dura o dia todo. E aproveite também para conhecer a região.

Minha hospedagem em Interlaken foi pertinho da estação de trem Interlaken Ost,  que te leva ao topo. O Hotel escolhido foi Lindner Grand Hotel Beau RivageConfira os detalhes neste post.



Faça uma cotação de viagens na Agência parceira Previllege Soluções em Viagens.


Como chegar

Chegar em JungfrauJOCH não é tão simples. A partir da cidade de Interlaken, serão 3 paradas com troca de trem e o percurso dura em média 2h apenas para subir.

Mas não se preocupe, vou explicar direitinho o trajeto. Apesar de parecer difícil, na Suíça, tudo é fácil e preciso. Para entender melhor, segue um mapa com as estações de trem.


Jungfraujoch

1) Da estação de trem Interlaken Ost siga em direção aos vilarejos Lauterbrunnen ou Grindelwald. Quem tem o Swiss Pass o percurso é gratuito.
Eu fui por Lauterbrunnen e a duração da viagem é de 20 min.

2) A partir de  Lauterbrunnen ou Grindelwald siga em direção a Kleine Scheidegg. Com o Swiss Pass o viajante tem 25% de desconto.
No percurso que fiz ( Lauterbrunnen/Kleine Scheidegg) a duração da viagem foi de 43min.

3) É em  Kleine Scheidegg que a ferrovia JungfrauBAHNEN te levará a  JungfrauJOCH no trem  de cremalheira JungfrauBAHN. O percuso é de 35min com direito a parada dentro do túnel para observar a montanha e tirar fotos.  O trajeto é de apenas 9km, sendo 7km de túnel. Com o Swiss Pass o viajante tem 25% de desconto.

DICA: Se subir por  Lauterbrunnen desça por Grindelwald e vice versa. Assim poderá apreciar paisagens diferentes, tirara fotos estonteantes e até fazer um Stop nas cidadezinhas, se tiver tempo.





Jungfraujoch

Jungfraujoch

Recentemente houve uma mudança no último trajeto e agora há apenas 1 parada dentro do túnel (antigamente havia duas) e isso acabou diminuindo o tempo de subida. Assim o turista pode ficar mais tempo no topo.
Desde 2016 os trens partem a cada meia hora rumo ao Jungfraujoch – Top of Europe

ATENÇÃO: Não confundir Estação Interlaken Ost com Interlaken West. Se estiver vindo de outra cidade, fique atento a estação de parada, pois da estação WEST não há trem para JungfrauJOCH.


Quanto Custa 

Não é muito barato subir ao topo. Afinal, o que é barato na Suíça, não é mesmo? Apenas informo que vale cada centavo de francos pois é um passeio espetacular.

As tarifas válidas até 09/12/2017 são as seguintes:

De Interlaken Ost – Jungfraujoch  - Somente ida: CHF 105.40/ Ida e volta CHF 210.80
De Grindelwald – Jungfraujoch     - Somente ida: CHF 95.00 / Ida e volta CHF 190.00  
De Lauterbrunnen – Jungfraujoch - Somente ida: CHF  94.80/  Ida e volta CHF 189.60
De Lauterbrunnen – Jungfraujoch – Grindelwald ou direção oposta CHF 189.80

Entre maio e outubro há possibilidade de adquirir o Jungfrau Travel Pass, que oferece de 03 a 06 dias de viagens ilimitadas. É a melhor opção se quer desbravar a região que tem muitos atrativos.

Jungfraujoch

Detalhe: na descida você ganha chocolates personalizados. Uma delícia.



Faça sua reserva no BOOKING ou Hotéis.com e garanta o melhor preço.


O que levar

JungfrauJOCH é um passeio de dia inteiro, pois leva 2h para subir e 2 horas para descer, ou seja, 4h só de deslocamento, além de ter muitas atrações para visitar. Programe-se!

- Aguá e lanche na mochila
Há restaurantes no Topo, mas você pode levar seu lanchinho e sua água na mochila. Aliás, por causa da altitude, ter uma garrafa de água é primordial. E há espaço com mesas para desfrutar de seu pic nic com vista privilegiada dos Alpes.

-Casaco, gorro, cachecol e luvas
Há neve o ano todo, inclusive no verão e mesmo com o sol escaldante lá embaixo, a temperatura média do Topo é de 7 graus negativos. E pode ventar bastante.

- Máquina fotográfica, GoPro, Power Bank, Celular
No frio e nas alturas as baterias duram menos, então se tiver baterias extras ou carregador portátil leve-os. Afinal, ninguém quer ficar sem bateria e impossibilitado de tirar fotos né!

- Filtro Solar e Óculos de Sol
Não é porque tá frio que não precisamos de filtro solar. Lembre-se, no frio também queima e você estará a quase 4mil metros de altitude. O reflexo do sol na neve não deixará você confortável sem óculos de sol.

ATENÇÃO: A uma altitude tão elevada, nosso corpo pode responder negativamente e os sintomas característicos do chamado mal da montanha são: tontura, dor de cabeça, fadiga, etc. E o esforço físico agrava o caso. Portanto, caminhe devagar, tome muita água e coma pouco.

Curiosidade: O mal da montanha (doença das alturas ou hipobaropatia)   é uma condição patológica relacionada com os efeitos da altitude nos humanos, causada por exposição aguda à baixa pressão parcial de oxigênio a altas altitudes. Ocorre normalmente acima dos 2400 metros de altitude.

Minha Experiência: Não sofri qualquer sintoma da "doença", todavia, quando precisei subir escadas, parecia que estava com 100kg no ombro e a cada 10 degraus precisava de uma pausa para recuperar o fôlego. Todavia a descida foi a pior parte, senti dor de cabeça e uma pressão nos ouvidos bem forte. Mas lembre-se cada pessoa é única, então os sintomas são diferentes para cada um.

DICA IMPORTANTÍSSIMA: luvas são essenciais pois o frio queima a pele. Apesar de saber disso, estava com 2 câmeras + celular e a luva atrapalhava, então fiquei sem a uma temperatura de 12 graus negativos. Moral da história: mãos queimadas e rachadas (parecia que cortei a mão toda com papel sulfite, sabe aqueles cortinhos ardidos), então e dói. Mas passei um uma farmácia e comprei um creme milagroso para as mãos. Elas se recuperaram, mas a dor naquela noite foi intensa. Pelo menos acho que valeu o sacrifício, não sou fotógrafa, mas tirei algumas fotos lindas!!!


Jungfraujoch




Quer ficar Conectado durante a sua viagem? Os Chips da EasySim4U tem cobertura em 140 países. Adquira já o seu!


Um pouco de história

O magnata industrial suíço Adolf Guyer-Zeller tem uma ideia audaciosa de construir uma estrada de ferro até o cume do Jungfrau, através de túneis nas montanhas Eiger e Mönch e coloca em prática no final do século XIX.


Jungfraujoch

A construção teve início em 1896 e passou por muitos contratempos, inclusive a morte de seu idealizador em 1899. Todavia seus familiares continuaram o trabalho e o finalizaram em 1912.

É inimaginável que há mais de 100 anos foi inaugurada a ferrovia de maior altitude na Europa, a 3.454m.

Mas o que seria o Topo da Europa afinal? O lugar mais alto da Europa?

Curiosidade: O termo Top of Europe não quer dizer o TOPO no sentido de mais alto pico da Europa e sim a mais alta estação ferroviária da Europa. Há muita discussão sobre isso, principalmente a respeito de que Jungfrau não é a montanha mais alta da Europa, e não é mesmo, pois Chamonix, na França ( que visitei) é mais alta. Então, entendam o que seu idealizador quis dizer com TOP OF EUROPE = Ferrovia de maior altitude na Europa.



O Tour - Como Conhecer

Você chegará no hall da estação e logo avistará o complexo principal. A direita localiza-se um café e a esquerda uma placa azul : TOUR. Siga passando pela loja de souvenirs (não se preocupe pois na saída você voltará ao mesmo lugar e poderá fazer suas comprinhas). A primeira atração do TOUR será a Experiência cinematográfica em 360°. Você está no caminho certo.  Abaixo listei o que encontrará no TOUR.


Jungfraujoch

A Jungfrau Railway montou um programa especialmente para o Blog Love and Travel e a simpática Guia Sandrine, que fala português, nos acompanhou em nossa expedição rumo ao topo.

1) Atrações

- Sphinx Terrace (3.571m): Inaugurado em 1996 é o terraço de observação. Para chegar ao topo, o elevador mais rápido da Suíça leva o turista a uma experiência única. São 111 metros em 27 segundos. Uma vista espetacular do Glaciar Aletsch e vista panorâmica para além dos Alpes Suíços.


Jungfraujoch
Jungfrau

Jungfraujoch


Glaciar Aletsch
Glaciar Aletsch
- Alpine Sensation: o passado e o presente do turismo na região se unem através de imagens, sons e luzes. Curiosidades sobre a construção e muito mais.


Jungfraujoch

- Palácio de Gelo: Com uma área de 1000m quadrados, uma caverna de gelo com circuito circular,  construída 30m abaixo da superfície da geleira, leva o visitante a uma experiência abaixo de zero com lindas esculturas de gelo. Foi criado em 1931 e está em constante manutenção, pois algumas partes do Palácio se movimenta até 15 centímetros por ano.


Jungfraujoch

- Platô do Glaciar: é onde foi cravada a bandeira Suíça na inauguração no ano de 1912. A vista dos Alpes Suíços e dos países vizinhos é grandiosa. E na época do Natal é onde se localiza a imensa árvore de Natal.


Jungfraujoch

Jungfraujoch

- Compras: Em Jungfraujoch está localizada a loja de chocolates de maior altitude na Europa e a relojoaria de maior altitude no mundo.

- Lindt: A maior loja de chocolates Lindt do Mundo. E o melhor: a loja oferece a cada visitante um bombom LINDOR.


Jungfraujoch

DICA: logo na entrada, ao lado da lanchonete, antes que começar o TOUR, há uma bancada para o turista carimbar seu Passaporte Jungfraubahnen.


Jungfraujoch

Curiosidade: Os pinheiros só crescem até 1.800m de altura, então lá em cima é tudo branquinho, sem qualquer vegetação. Foi nossa guia Sandrine que nos explicou sobre isso.


2) Atividades

- Snow Fun: aberto de maio a outubro. Trenós, esqui, snowboard e tiroleza. Muita diversão durante  a primavera e verão.

- Trilhas e caminhadas: há diversas e de acordo com a estação do ano. Uma bem conhecida é o Mönchsjochhütte, uma cabana de serviço na maior altitude na Suíça acessível a partir  de uma caminhada de 45min do Jungfraujoch. Há caminhadas para os experientes. Todas as informações você encontrará no site.

- Jungfrau Eiger Walk: O caminho temático que ilustra os triunfos e tragédias da face norte do Eiger pode ser percorrido numa caminhada de uma hora a pé. A trilha parte da estação Eigergletscher em direção de Kleine Scheidegg podendo ser percorrida tanto vale abaixo como morro acima.




Alugue um carro pela RentCars, o principal portal de comparação de preços para locação de veículos.


3) Restaurantes

- Bollywood: comida indiana.  Aberto do início de abril até o final de outubro com capacidade para 150 pessoas.
- Crystal: oferece serviço a la carte e pratos típicos da Suíça e tem capacidade para 110 pessoas.
- Aletsch:  Situado no 1° andar,  restaurante self-service oferece lugar para 250 pessoas.
-  Eiger: Especializado no serviço a grupos, o recém-renovado, com capacidade para 210 pessoas.
- Café Bar: proporciona o pequeno lanche entre as refeições. Diretamente no hall de entrada com capacidade para 50 pessoas.
- Eisbar: grupos de até 20 pessoas têm a possibilidade de se deliciar com uma de duas opções de aperitivo no Eisbar, que situa-se no centro do Palácio de Gelo e, a pedido, pode ser reservado para uso exclusivo.

Almoçamos no Restaurante Crystal. Eu e Sandrine, escolhemos um delicioso Founde acompanhado de chá e uma taça de vinho para mim. Meus companheiros de viagem, meus pais,  escolheram pratos tipicamente suíços. Adoramos a experiência no local. A comida é deliciosa.


Jungfraujoch

Curiosidade: Sandrine me ensinou que não se deve tomar qualquer bebida gelada com founde, por isso pedimos um chá. A princípio achei estranho bebida quente com founde, mas a combinação foi perfeita. Apenas finalizei com uma taça de vinho, afinal, não é sempre que podemos desfrutar de um almoço delicioso, com vista panorâmica para os Alpes Suíços.




 Faça seu seguro viagens com desconto nos parceiros do blog: Mondial Travel ou Real Seguros.



Minha experiência

Fazer o passeio acompanhada de uma guia é uma excelente opção, pois o turista ficará sabendo de curiosidades sobre a construção; sobre o passeio e a região; terá explicações detalhadas de todas as atrações e o que estará vendo lá em cima, além de histórias que só um local pode saber.

Com um guia você fará um passeio sem perder tempo e desfrutará o máximo do que JungfraJoch tem a oferecer.


Jungfraujoch

Jungfraujoch

Jungfraujoch

Gostaria de agradecer a Sandrine pelo tour maravilhoso, por todas as explicações e dicas, pela paciência em esperar eu ficar tirando fotos (sabe como é blogueiro né) e principalmente pela companhia. Foi um dia muito agradável e com certeza  fiz uma amiga.


Jungfraujoch
Eu, meus pais e a Guia Sandrine
BÔNUS: Na volta para Interlaken, resolvemos parar em Grindelwald, um charmoso vilarejo com vista espetacular. Na descida por Grindelwald, o turista tem a ampla visão da temida face norte do Eiger, no qual muitos alpinistas perderam suas vidas tentando escala-la. 



SAIBA MAIS

Altitude: 3.454 metros
Horários: Opera o ano inteiro
Atrações: Nove quilômetros de trem de cremalheira a partir de Kleine Scheidegg; cerca de sete quilômetros dentro de um túnel de montanha; Palácio de Gelo; plataforma de observação Sphinx; caminhadas na neve eterna dos Alpes.
Extras:
1) Estação mais alta da Europa, a 3.454 metros de altitude;
2) os correios mais altos da Europa, com seu próprio código de área (3801);
3) a geleira de Aletsch, a mais longa geleira alpina, com 23 quilômetros de extensão;
4) possui a própria brigada de incêndio;
5) possui sua própria usina hidrelétrica e gera eletricidade com os trens que descem a montanha desde 1912;
6) o nome Jungfrau vem do antigo convento em Interlaken e de seus pastos ao pé da montanha;
7) toda semana um funcionário da ferrovia verifica a pé os 9,2km de trilhos entre Jungfraujoch e Kleine Scheidegg



Mais informações, consulte o site.


* O Blog Love and Travel esteve em Jungfrau com o apoio da Jungfrau Railway, o qual agradecemos a oportunidade. Eles dispõem de guias turísticos que falam português e que podem acompanhar no passeio. Informo que este post expressa minha sincera opinião sobre os serviços oferecidos.


Ajude o blog a se manter. Cada fez que uma reserva é feita nos links abaixo, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a divulgar mais conteúdo gratuitamente.
  

RESERVE AQUI 

Aproveite e organize sua viagem com os parceiros do Blog e se quiser um Roteiro Personalizado envie um email para: love.and.travel@hotmail.com


* Já conhece nossas redes sociais? Acesse os link abaixo para saber as novidades.





Atualmente: Consultora de viagens por profissão, advogada por formação, eterna viajante por vocação. Amante de vinhos, restaurantes e cultura, sem deixar de lado a paixão por moda e design.

21 comentários:

  1. AMEI! Que lugar incrível! Deve ter sido uma experiência e tanto, hein?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Alessandra, Esse lugar é incrivelmente lindo mesmo!!!
      Obrigada pela visita.
      Bjos
      Thais

      Excluir
  2. Nossa, que lugar incrível! Eu também amo a Suíça e já estive em Interlaken. Ah, que dó, não deu para ir a este lindo local. Só se chega de trem lá, ou dá para ir de carro também? E o congelar das mão hein? Senti dor lendo, ui. Que bom que deu tudo certo. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olaaa
      Interlaken é muito TOP né!!! E Visitar Jungfraujoch é imperdível, pena que você não foi. Só chega de trem lá e é por isso que é tão interessante :) Mas leve luvas.....rsrsrss
      Obrigada pela vista.
      Thais

      Excluir
  3. Respostas
    1. Ola Eloah.
      Obrigada pelo comentário e pela visita
      :)
      Thais

      Excluir
  4. Faz um bom tempo que não vou na Suíça, estou precisando voltar lá e já anotei suas dicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Paula,
      Suíça faz bem para alma...rrsrsrss
      Obrigada pela visita
      Bjos
      Thais

      Excluir
  5. Que viagem maravilhosa, hein? E este post está muito bem explicadinho, todo detalhado. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Gê,
      Essa viagem foi muito boa... já quero voltar...rsrsrss
      Que bom que gostou do post.
      bjos
      Thais

      Excluir
  6. Que lugar lindo! E essas fotos? Incríveis! Já coloquei na minha lista depois desse post. hahaha! Parabéns pelo post =*

    Keul
    www.turistandonomundo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana, tudo bem?
      O lugar é muito lindo e rende muitas fotos bacanas!!!
      Obrigada pela visita
      bjos
      Thais

      Excluir
  7. Uauu, até senti frio aqui só de olhar essas fotos maravilhosas com este branquinho da neve que acho um charme. Sou louca para conhecer a Suiça e com certeza Ju..... nem sei como escreve. Que lugar maravilhoso hein, e fiquei só na vontade de experimentar um chocolate quente, hmm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Josiane
      A Suíça é um charme mesmo.... e com neve é melhor ainda :)
      Obrigada pelo comentário
      Abraços
      Thais

      Excluir
  8. A Suíça também conquistou meu coração! O país é lindo! Pena que não cheguei a conhecer Jungfraujoch. Lendo seu post fiquei morrendo de vontade de conhecer! Ótimas dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana
      Tem que deixar um motivo para voltar a Suíça, né :)
      Obrigada pelo comentário
      Abraços
      Thais

      Excluir
  9. Parabéns pelo artigo! É uma grande falha da minha parte não conhecer os Alpes, porque sou um amante da montanha e tenho alguma experiência em montanhismo. Adorei ver as fotos e o relato da experiência!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Pedro
      Os Alpes são encantadores.... tem que conhecer!!!!
      Obrigada pelo comentário
      Abraços
      Thais

      Excluir
  10. Nossa...que lugar fascinante! Estou morrendo de vontade de conhecer agora!!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Thaís, tudo bem? Gostaria de registrar que, de todos os blogs que li sobre o passeio a Jungfraujoch, o seu, para mim, foi o mais detalhado e esclarecedor. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Fátima,

      Fiquei muito feliz com seu comentário e mais feliz em poder ajudar!!!
      Obrigada pelo carinho.

      Abraços...

      Thais

      Excluir

Obrigada pela visita e se quiser deixe um comentário.



Back to top